R J Cardoso, o poeta de Santa Cruz

Poesia de Amor

Textos


Pois é, pensei na igualdade de justiça
Avistei uma estrada infinita
Cheia de possibilidades, mas de olhares
Estranhos onde muitos de mim zombaram

De foco na igualdade segui, resisti e insisti
​No propósito de semear e colher bon frutos
Preparei e adubei o solo já cansado
Estupefato de amor as mazelas do mundo refutei.

E disse canta meu irmãozinho alguém nos ouve
Lá longe vai o pastor levando suas ovelhas
A oração que nosso peito entoa pode dar em nada
​​​​​Mas na certa candeeiro da paz em breve acenderá. 




 
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 18/05/2020
Alterado em 18/05/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras