R J Cardoso

Poesia de Amor

Textos


Naquela Mesa

Em vida poesia a encontrar
Com luz a te levar ao infinito
Lembrar teu discurso bendito
Quando chamava por Jeová.

Valéria bela, alma e amor
Amiga e grande irmã
Das coisas esmeras e sãs
Que despertam e guiam
De noite e durante o dia
Verde avenca a mais  linda flor.

Valéria a bela, mas não adormecida
A encantar-nos agora
Com palavras sonoras
 Apagando angústia
Que assombra e assusta
Valéria, na glória voce foi nascida?


Obs.: Este poema é dedicado a minha amiga Valéria Melo.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 10/05/2018
Alterado em 16/05/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras