Textos


Voo do Drone

Mostre esse teu sonho
A beleza deste teu olhar
Não negue teu sentimento
E nem por um momento
Resista à força do pensar

Se a canção se fizer presente
Ouça amante da natureza
O som aos teus ouvidos
Não finja de esquecido
Ao que Deus te ofereceu por merecimento.

De manhã as borboletas vão e vem.
A noite  o som da viola
Às vezes ensina e consola
A quem nunca soube o que é o amor.

A paixão é louca e dela não zombe não
Pelo tempo que durar
Castigo ou maldição
Encanto na exatidão
E aprenda que sinônimo de amor é amar.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 14/01/2018
Alterado em 15/01/2018


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr