Poesia Amor

Vida, presente de Deus

Textos


Ao fim da manifestação

Nas crianças há de se pensar
Todas na praça a brincar
Nas meninas há de se pensar
Todas amadas e idolatradas
Paisagens a deslumbrar
Nas mulheres há de se pensar
Todas lindas e imperturbadas
No sofrer há de se pensar
Em a dor não provocar
Há de se lembrar
Da guerra da praça
Da praça de guerra.
Do incendiário
E do quebra-quebra.
Ainda há de se lembrar
Dos vinte e poucos
Anos de repressão
Da estúpida negação da vida.
Da dor impiedosa
Da impiedosa união
Sem amor e com rancor
Da saída e da chegada
De tudo um pouco
Há de se lembrar irmão
Antes que seja tarde.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 09/08/2017
Alterado em 10/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras