Poesia Amor

Vida, presente de Deus

Textos


Só eu amei

Não diga que estou errado
Por sentir saudade
Do teu sorriso, do teu olhar
Da tua amenidade
De teu jeito de abraçar.

Nada digo da beleza modificada
Pelo tempo que se foi
Declaro minha dependência
Dizendo-te apenas um oi.

Por que rejeita a reconciliação
Do nosso desavindo?
Reitero-a de coração no alinho.

Final infeliz, dia mal-aventurado.
Leva contigo este amor-verdade,
Feito de ilusão e equidade
Em que só eu amei você não amou.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 22/05/2017
Alterado em 22/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras